domingo, 26 de abril de 2015

OUTRA ATIVIDADE DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO


Nome: _______________________________________________________ Data: ___/___/___

1. Lê com atenção o texto seguinte:

PINÓQUIO

Assim que acabou de nevar, Pinóquio, com o seu belo livro de leitura novo debaixo do braço, meteu pela estrada que conduzia à escola e, enquanto caminhava, fantasiava no seu cérebro, mil raciocínios e construiu mil castelos no ar, cada um mais bonito do que o outro.
E assim, ia pensando:
- Hoje, na escola, vou aprender a ler rapidamente, amanhã aprenderei a escrever e depois de amanha a fazer contas. Então, com a minha habilidade, hei de ganhar muito dinheiro e com as primeiras moedas que me chegarem ao bolso quero dar ao meu paizinho um belo casaco de lã. Mas que digo eu, de lã? Não, mandarei fazê-lo todo de prata e de ouro e com botões brilhantes. Que aquele pobre homem bem o merece, porque realmente para me comprar o livro para que eu aprenda, ficou em mangas de camisa… e com este frio!
Só os pais são capazes de tamanhos sacrifícios.

Carol Collodi,, As aventuras de Pinóquio

1 -  Indica o nome do autor e o titulo da obra de onde foi retirado o texto que acabaste de ler.
________________________________________________________________________________
2 - Quem é a personagem principal da história?
________________________________________________________________________________
3 - Para onde se dirigia naquele dia?
________________________________________________________________________________
4 - O que iria ele aprender lá?
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
5 -  E para que lhe serviria tudo o que aprendesse?
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 - O que faria ele com o dinheiro que ganhasse?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
7 -  O que revela essa atitude sobre o caráter do personagem principal?
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

8 – Verbo é a palavra que expressa ação, estado ou fenômeno da natureza situados no tempo.
Sublinhe  todas as formas verbais que encontras no primeiro
Parágrafo deste texto. Todas elas se encontram:

(   )  no pretérito do indicativo.
(   ) no Presente do indicativo.
(  ) no Futuro do indicativo.
(   ) no presente do subjuntivo.

9 - Copia este paragrafo (1º)  utilizando o presente do indicativo.
___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
10 -  E no último paragrafo qual é o tempo verbal que aparece?
____________________________________________________________________________________________________________
11 – Transcreva o ultimo parágrafo passando o verbo para o futuro do indicativo.
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

12 - Assinala com um X as afirmações verdadeiras e corrija  as falsas.
(   ) Uma frase é uma sequencia de palavras bem organizada.
(   ) Uma frase começa com letra maiúscula.
(   ) Uma frase não apresenta sinais de pontuação.
(   ) Uma frase pode não ter sentido lógico.
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
13 – Que sinais de pontuação apareceram neste texto?
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
14 – Transcreva deste texto uma frase:

è Afirmativa: ____________________________________
è Interrogativa: __________________________________
è Exclamativa: __________________________________
è Afirmativa negativa.


Produção de texto

         Escreva sobre este texto que você leu: o que você achou, do que faz você lembrar, a mengem que lhe transmite.

________________________

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Atividades de Língua Portuguesa - 5º ano

Nome: ___________________________________ Data: __/__/__


E um dia aconteceu...

No reino da Pasmaceira nada acontecia.
As pessoas faziam todas os mesmos gestos, as mesmas expressões, tinham os mesmos sorrisos, num hábito sonolento e mole. O Rei dava sempre as mesmas audiências, as mesmas ordens aos mesmos ministros, que as aceitavam em reverências servis, sempre iguais, sempre as mesmas.
A certa altura começaram a acontecer coisas extraordinárias. Foi como que uma lufada de ar fresco, que agitou tudo e todos.
Apareceu uma mosca pintada no imponente nariz do retrato de Senhor Comendador, o que surpreendeu e escandalizou toda a gente.
O capachinho do boticário, por vezes levantava e baixava como um chapéu, cumprimentando para a direita e para a esquerda, perante a aflição do pobre homem, que não sabia como sair de tal situação, enquanto os que por ele passavam, riam a bom rir.
No coro da igreja, a Elsinha desafinou várias vezes, ela que tinha sempre a voz tão afinadinha!... No açucareiro do sapateiro, em vez de açúcar apareceu sal!...
Quem seria, quem não seria, toda a gente andava intrigada e
desejosa de descobrir o autor das proezas, mas por mais esforços que fizesse, nada conseguia.
Com todos estas situações imprevistas, o interesse geral pelo desenrolar dos acontecimentos era cada vez maior e as pessoas, quando se encontravam nas ruas comentavam esses estranhos acontecimentos.
Chegaram a marcar reuniões para se discutir o que tinha acontecido e o que poderia talvez vir a acontecer.
As crianças nas suas brincadeiras, tentavam imitar essas “partidas”, o que lhes dava mais vivacidade.
Um dia, o rei encontrou um rato no sapato. Deu-lhe um pontapé e, os criados ao verem o bicho às cambalhotas no ar fugiram atrapalhados, receando que lhes caísse em cima, enquanto os ministros, que esperavam para serem recebidos, riam a bom rir...
Mas, o engraçado é que, nesse momento, apareceram não se sabe como, espalhadas pelo chão, muitas bolinhas de cristal que os fizeram escorregar e cair, em posição ridícula.
E foi a vez de o rei soltar sonoras gargalhadas.
A que se devia, afinal, esta transformação radical no reino da Pasmaceira?
Um miniduende, pequenino como uma abelhinha, tinha resolvido fazer das suas...
E enquanto o rei mandava decretar que a partir desse dia o reino passaria a chamar-se Reino da Alegria, ele, escondido entre as pétalas duma rosinha, ria, ria, ria...

Renata Gil. In Boletim Cultural da Fundação Calouste Gulbenkian


1 - Como era o reino da Pasmaceira?
_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
2 – Complete as expressões.

         Neste reino:
As pessoas:
___________________________________________________
O Rei:
_____________________________________________________________
Os ministros:
 _____________________________________________________________

3 - Quem era, afinal, o responsável por todos os acontecimentos extraordinários neste reino?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4 – O que fez o  rei após os acontecimentos extraordinários?
5 – Você concorda com o que o rei decretou? Justifique sua resposta.
_____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
6 -  Transcreva as palavras abaixo colocando-as na ordem alfabética e, em seguida, separe as silabas. 

Rei  -  margarida  -  duende  - boticário – açucareiro – crianças ´ audiências – brincadeiras – pasmaceira – atrapalhado – chão – ridícula
_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

7 – Neste texto aparecem alguns pronome. Classifique- os em:
Pronomes
Pessoal do caso reto

Pessoal do caso obliquo

Possesivo

Demonstrativo

Indefinido


8 –Releia o primeiro e o segundo paragrafo e destaque os verbos indicando as conjugações.
1ª conjugação (ar)
2ª conjugação (er)
3ª conjugação (ir)







9 - Releia o texto e transcreva os verbos que aparecem no infinitivo.
____________________________________________________________________________________________________________
 10 – Faça a conjugação dos verbos que apareceram no infinitivo.


Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas



Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas



Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas



Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas



Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas



Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas


  
Verbo: _____
Modo indicativo - Presente
Eu

Tu

Ele / ela

Nós

Vós

Eles / elas





domingo, 15 de fevereiro de 2015

TRABALHANDO OS DESCRITORES

EMEF.: ______________________________________________________
NOME: _______________________________________________________

NO TEMPO EM QUE A TELEVISÃO MANDAVA NO CARLINHOS...

A gente tem uma turma bem engraçada. Tem o Catapimba, que joga futebol muito bem; tem o Beto, que sabe tudo o que acontece no bairro;  tem o Batata,  que é o zagueiro do time da outra rua.
Com o Batata aconteceu uma coisa engraçada. Pelo apelido dele você já pode imaginar como ele era gorducho. Mas também ele vivia comendo o dia inteiro. Tudo o que via anunciado pela televisão ele queria: queijinho que vale por um bifinho, achocolatado da Miúcha, macarrão da Patrícia, milquecheique do Bubu, pipoca do gatinho, biscoito do Xuxu, Coca-bola e tudo!  Acho que nem sabia se era gostoso ou se era uma porcaria. Era só mania de ir atrás do que a televisão dizia.
Com isso, ele foi engordando, engordando... Ficou uma bola.
Dona Mariquinhas, que é a mãe dele, vivia querendo que ele comesse verduras, legumes e frutas. Mas se tinha na mesa tomate e linguiça, o que é que você acha que ele comia?
Por causa disso o Carlinhos já ganhou um montão de apelidos: Bola, Bolinha, Bolão, Bolacha, Gordo, e como eu já disse, Batata.
De uns tempos pra cá, ele começou a não gostar dos apelidos. Ele dizia:
- Meu nome é Carlos, não Batata. Se quiser me chamar de Carlão, tudo bem!  Mas Bolacha, não!
Mas sabe como é! Quanto mais a gente reclama, mais as pessoas chateiam, né?
Então ele resolveu fazer regime, sem falar com ninguém.
Assim como ele comia tudo o que a televisão mostrava, resolveu fazer também o regime que a televisão mandava.
O Batata viu um anúncio de uma tal de Gororoba Dois Mil, o melhor regime do Brasil!  E no anúncio tinha uma porção de moças de biquíni que diziam que tinham  emagrecido  200 quilos tomando a tal porcaria!  E era tudo importado dos Estados Unidos.  Para mim, aquilo vinha da Transilvânia, que é a terra dos vampiros...
Mas o Batata não teve dúvidas: encomendou pelo telefone. Por que será que tem tanta porcaria que a gente pode encomendar por telefone?
Era caríssimo, mas o Bat... quer dizer, o Carlão, pegou todas as economias dele e mandou pelo correio. Recebeu uma caixa cheia de envelopes, que era pra tomar dois por dia: um no almoço e outro no jantar, misturando com água.
Pois o Batata, que vivia comendo o dia inteiro, passou a tomar a Gororoba duas vezes por dia. Tinha sabor de chocolate, sabor morango, sabor baunilha e sei lá mais o quê.
Ele começou a derreter! E estava bem contente!
Mas com o tempo passou a ficar cansado, sem vontade de nada, tinha sono o dia inteiro!
E começou a ter dor de cabeça, enjoo, dor de barriga. Foi só aí que os pais dele descobriram o tal regime!
Dona Mariquinhas e o doutor Mesquita chamaram o médico, que era o médico do Bat... do Carlão há muito tempo. O médico ficou furioso:
- Como é que as autoridades permitem essa propaganda mentirosa?
O médico passou um regime pro Carlinhos de bife, frango, peixe, verduras, legumes e frutas e só um pouco de pão e macarrão e só um pouquinho de manteiga. E disse que ele não tinha nada que comer entre as refeições.
Os pais dele começaram a chatear:
- Viu, meu filho? Eu sempre disse!
- Está vendo? A gente o tempo todo dá conselhos, mas as crianças não atendem!
- Criança é assim mesmo, não tem juízo!
Mas aí que todo mundo teve a maior surpresa:
- Esperem um pouco – o médico disse. – Criança não tem juízo, mas adulto também não tem! Como é que vocês querem que a criança coma alface enquanto os outros comem feijoada? Que coma frutas enquanto os outros comem pudim? Por isso, doutor Mesquita e dona Mariquinhas, esse regime que eu passei para o Carlinhos é para toda a família. O doutor Mesquita está com uma barriga redondinha,  dona Mariquinhas está toda cheinha; é bom que todo mundo entre no regime. E nada mais de seguir conselho dos anúncios da televisão.
É bom ver televisão
Mas é preciso lembrar
Todo mundo tem cabeça
Que serve para pensar!

(Fonte: ROCHA, Ruth. No tempo em que a televisão mandava no Carlinhos... São Paulo, FTD, 2000.)


QUESTÃO 01 (Descritor: identificar o tema central em cada parte do texto.)

O texto pode ser dividido em três partes.
Primeira parte: do primeiro ao oitavo parágrafo.
Segunda parte: do nono ao décimo sétimo parágrafo.
Terceira parte: do décimo oitavo parágrafo até o final do texto.

Crie subtítulos para cada uma dessas partes, observando o que aconteceu de mais importante em cada uma delas.

Primeira parte: ______________________________________________
Segunda parte: ______________________________________________
Terceira parte: _______________________________________________


QUESTÃO 02 (Descritor: analisar afirmativas a partir das informações implícitas e explícitas do texto.)

Marque as alternativas verdadeiras sobre o Batata:

a) Levava a sério todos os conselhos dos seus pais.
b) Jogava futebol e fazia parte de um time.
c) Sabia tudo o que acontecia no bairro.
d) De todos os apelidos que tinha, o único que gostava era Batata.

QUESTÃO 03 (Descritor: localizar informações explícitas no texto.)

Batata vivia comendo o dia inteiro. Com isso, ele foi engordando, engordando... Ficou uma bola.

Preencha o esquema com as informações do texto.


 QUESTÃO 04 (Descritor: analisar afirmativas a partir das informações implícitas e explícitas no texto.)

“Mas sabe como é! Quanto mais a gente reclama, mais as pessoas chateiam, né?”

O que o narrador quis dizer com essa afirmativa?

a) As pessoas não gostam quando reclamamos dos apelidos que elas nos põem.
b) Reclamar é a única forma de acabar com os apelidos que não agradam.
c) Reclamando mais, a chateação diminui.
d) Não adianta reclamar dos apelidos desagradáveis.


QUESTÃO 05 (Descritor: explicar o significado de uma expressão, consultando o contexto em que ela foi usada.

Ao se referir ao regime da televisão feito pelo Batata, o narrador diz: “Para mim, aquilo vinha da Transilvânia, que é a terra dos vampiros...”

Explique o que ele quis dizer ao fazer essa afirmativa.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 06 (Descritor: explicar o significado de uma expressão, consultando o contexto em que ela foi usada.)

Explique a expressão destacada, de acordo com o texto:

“Ele começou a derreter! E estava bem contente!”
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 07 (Descritor: fazer inferências a partir de informações explícitas do texto.)

Propaganda enganosa é a que contém informação falsa, podendo levar o consumidor a comprar um produto ou serviço diferente do que ele queria ou pensava que era. É proibida pela lei.

O médico ficou furioso:
- Como é que as autoridades permitem essa propaganda mentirosa?

Explique por que o médico considerou que a propaganda do regime era enganosa ou mentirosa.
______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 08 (Descritor: extrapolar ideias do texto a partir de informações do próprio texto.)

“A gente o tempo todo dá conselhos, mas as crianças não atendem!”

a) Que conselhos o Carlinhos não havia seguido?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
b) Dê dois exemplos diferentes de conselhos que os pais costumam dar aos filhos.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
c) Você segue os conselhos que seus pais lhe dão? Por quê?
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
d) Escreva um conselho que seus pais já lhe deram e o que você fez com ele.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
QUESTÃO 09 (Descritor: analisar afirmativas a partir das informações implícitas e explícitas do texto.)

Os pais dele começaram a chatear... Mas aí que todo mundo teve a maior surpresa...

Que surpresa foi essa?

a) O médico concordou com tudo que os pais de Carlinhos disseram.
b) No regime, Carlinhos poderia comer sobremesa se comesse as verduras  primeiro.
c) Toda a família teria que fazer o regime.
d) Carlinhos estava proibido de assistir programas na televisão.


QUESTÃO 10 (Descritor: identificar a mensagem implícita em um trecho do texto.)

Assunto: Interpretação

É bom ver televisão
Mas é preciso lembrar
Todo mundo tem cabeça
Que serve para pensar!

Explique a mensagem desses versos.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
QUESTÃO 11 (Descritor: diferenciar os artigos definidos e indefinidos quanto ao sentido que produzem no texto.)

Carlinhos resolveu fazer também o regime que a televisão mandava.

Se trocarmos “o regime” por “um regime” muda o sentido da frase? Explique.
________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

QUESTÃO 12 (Descritor: localizar informações explícitas no texto e produzir outro texto a partir delas.)

“Assim como ele comia tudo o que a televisão mostrava, resolveu fazer também o regime que a televisão mandava.”

Crie um cartaz de propaganda para o regime anunciado na televisão usando apenas as informações dadas no texto. No seu cartaz, você deve colocar: o nome do produto anunciado, a frase de efeito, a imagem usada para convencer o consumidor, local de origem do produto, como fazer o regime e quais os sabores disponíveis.























QUESTÃO 13 (Descritor: produzir textos coerentes e coesos.)

Muitas crianças sofrem por causa de apelidos que não gostam e nem sempre sabem como acabar com o problema. Pensando em ajudar essas crianças, escreva um pequeno texto com conselhos e dicas sobre essa situação.

______________________________

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________